Como saber se um gato é macho ou fêmea?

A maioria das pessoas que já teve contato com um gato filhote apresentou algum tipo de dificuldade na hora de identificar o sexo do animal. Muito similares quando bebês, distinguir machos e fêmeas acaba sendo um verdadeiro desafio. Para desmistificar esta questão, conversamos com quem entende do assunto.

“Diferenciar filhotes de machos e fêmeas é uma tarefa difícil. Quando eles são pequenos, é tudo muito semelhante. Fazendo uma comparação entre eles, com o crescimento dos animais e a prática acaba ficando mais fácil”, comenta a médica veterinária Lissabele Maluf.

De acordo com a especialista em gatos, uma boa dica é prestar atenção na posição dos órgãos sexuais do animal. “Normalmente, podemos fazer a diferenciação através da distância entre o ânus e a genitália. Os machos possuem o pênis mais distante do ânus, pois neste local ficarão os testículos, e o formato de sua genitália é mais ovalada. Nas fêmeas, a distância entre vulva e ânus é bem mais curta, além de possuir um formato de fenda”, revela.

A veterinária ainda explica que, em alguns casos, a pelagem do animal pode pode facilitar na identificação do sexo do gatinho. “Algumas cores são diferenciadas geneticamente. Tricolores e escamas, por exemplo, são exclusivamente de fêmeas”, conta.

Ainda assim, para ter certeza do sexo do animal e saber quais cuidados deverão ser tomados com ele, o ideal é sempre buscar o auxílio de um profissional, que poderá orientar o dono do animal sobre cio, castração e reprodução. “A melhor forma de ter certeza do sexo do gatinho, é consultar um médico veterinário, mas com essas dicas e fazendo a comparação entre os filhotes, é possível praticar”, finaliza Lissabele.

Gatas tricolores são sempre fêmeas.
Gatas tricolores são sempre fêmeas.