O que é um cachorro reativo?

Quem participa de algum grupo de cachorro nas redes sociais com certeza já ouviu pelo menos uma vez na vida algo sobre um “cachorro reativo”. Onde quer que os comportamentalistas passem, ouvimos alguém dizer que tem um cachorro reativo a alguma coisa, a um tipo específico de pessoa ou a um animal. Antes de tudo, devemos saber o que quer dizer reatividade…

Reatividade significa nada mais do que a capacidade de reagir a um ou mais estímulos, ou seja, todos nós – e todos os cães também – poderão e deverão ser “reativos” em diversos momentos da vida. De forma equivocada, muitos assimilam “reatividade” com agressividade, mas saibam que a princípio uma coisa não tem nada a ver com a outra.

Sim, um animal (ou uma pessoa) podem reagir agressivamente com algo ou alguém, mas também podem reagir de maneira amistosa, submissa, apaziguadora… Por que, então, generalizamos de forma errada?

Vemos muitos tutores de cães de pastoreio se queixarem da “reatividade” de seus pets… Ora, para que os cachorros pastores e boiadeiros foram criados se não para “corrigir” o rebanho e colocar tudo em ordem? Acontece que quando os trazemos para o meio urbano, não esperamos que eles ajam como agiriam no meio rural, mas isso em algumas raças ainda é  mais difícil selecionar e prever.

Uma coisa é certa: ser aversivo (aquilo que leva à aversão), tende a piorar e fazer com que o pet exagere em suas reações, sejam elas de medo, insegurança, submissão ou de ataque. Lembre-se: reatividade é sinônimo de reação/ reagir, agressividade é uma tendência do indivíduo a atacar e normalmente trata-se de um desequilíbrio que deve ser acompanhado por um profissional qualificado.